ISSN: 2595-5519

Iniciação Científica

Edital

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 02/2022

 

VIII EDIÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA AJES

AGOSTO 2022

 

A Coordenação do Programa de Iniciação Científica da AJES torna público o presente Edital com as disposições relativas à XI EDIÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, a ser realizado no segundo semestre letivo do ano de 2022, nos termos das normas e prazos aqui definidos.

A XI EDIÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, destinada a

receber e avaliar os artigos científicos elaborados por acadêmicos bolsistas e voluntários do Programa de Iniciação Científica, sob a supervisão de professores-orientadores, excepcionalmente em virtude da pandemia do Covid-19 não contará com o encontro presencial como aconteceu nas edições anteriores.

Tendo em vista a situação de isolamento social e a proibição de aglomerações, as orientações ocorrerão via plataforma Meet, e ao final do prazo, conforme cronograma disposto neste edital, os acadêmicos bolsistas deverão submeter o projeto via email:  iniciacaocientifica@ajes.edu.br .

 

1.  OBJETIVO

 

A XI EDIÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA objetiva

despertar a vocação científica e incentivar talentos potenciais entre estudantes de graduação, mediante a participação em projetos de pesquisas orientados por professores-pesquisadores qualificados.

Ainda se figura como objetivo possibilitar que os acadêmicos inscritos no Programa de Iniciação Científica da AJES adiram a linhas de pesquisas científicas e possam, então, espelhando-se na atuação de seus professores-orientadores, se sentirem estimulados a se desenvolverem profissionalmente como cientistas e pesquisadores.

 

2.  DA PARTICIPAÇÃO OBRIGATÓRIA

 

É obrigatória a participação de todos os acadêmicos bolsistas inscritos no Programa de Iniciação Científica da AJES. Entende-se por participação obrigatória de todos os acadêmicos inscritos no Programa de Iniciação Científica da AJES, bolsistas, o compromisso de submeterem os trabalhos acadêmicos de suas autorias, em quaisquer das modalidades possibilitadas por este Edital, com conteúdo que reflita, de fato, os estudos e as pesquisas desenvolvidas e ou em desenvolvimento, e com qualidade bastante e suficiente para publicação em periódicos especializados e reconhecidos como idôneos.

A submissão de trabalhos com conteúdo deficitário, sem qualidade para publicação, será considerada, para efeitos do pacto formulado pelos acadêmicos com a AJES e com o Programa de Iniciação Científica, como desídia e descumprimento de obrigação contratual, submetendo os infratores às sanções contratualmente previstas.

 

3.  LOCAL, DATA E PROGRAMAÇÃO

 

VIII EDIÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA será realizada no

decorrer do semestre letivo 2022/02, tendo com o prazo final a data de 02 de dezembro de 2022.

 

4.  SUBMISSÃO DOS PROJETOS DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

  • Prazos

 

O prazo para submissão dos trabalhos obedecerá ao seguinte calendário:

CALENDÁRIO DA

X EDIÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA AJES

Submissão dos artigos científicos – prazo específico para os acadêmicos inscritos no Programa de Iniciação Científica da AJES.

 

Até 21 de outubro de 2022

Divulgação dos trabalhos classificados (ou não), com ou sem exigências a serem cumpridas pelos acadêmicos-autores/professores-orientadores.

 

Até 03 de novembro de 2022

Submissão final dos trabalhos, após cumpridas as exigências e realizadas as correções de conteúdo e ou de formação exigidas.

Até 16 de novembro de 2022

Encontro da Iniciação Científica

Até 23 de novembro de 2022

Submissão final dos artigos corrigidos por sugestões apresentadas pelos, sob pena de exclusão e de não publicação.

 

 

Até 02 de dezembro de 2022

 

O envio dos trabalhos deverá ocorrer até o dia 21 de outubro até as 23h59. Não serão aceitos trabalhos enviados após essa data. Os trabalhos deverão ser compartilhados com os orientadores que ficarão responsáveis por publicar o artigo no Drive criado exclusivamente para a Iniciação Científica. É de responsabilidade do acadêmico compartilhar a versão do trabalho a ser entregue, com o professor orientador. Os trabalhos serão analisados seguindo o cronograma descrito.

 

5.  DA MODALIDADE DE TRABALHO CIENTÍFICO ACEITA

 

Serão aceitos, para submissão, análise e participação na XI EDIÇÃO O PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA AJES, trabalhos científicos na modalidade de ARTIGO CIENTÍFICO, observadas, no tocante à elaboração, conteúdo, elementos e formatação, as normas estabelecidas no MANUAL AJES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS            ACADÊMICOS,         o          qual            se        encontra          disponível       em http://juina.ajes.edu.br/documentos/27/manual-ajes-para-elaboracao-de-trabalhos-academicos/

 

Na avaliação dos trabalhos submetidos na modalidade Artigo Científico, serão considerados a apresentação formal dos textos, o conteúdo neles expostos, a correta abordagem da pesquisa a ser elaborada para a produção do artigo científico, e os elementos próprios da espécie.

Os textos que necessitarem correções, por sugestões apresentadas pelos professores- avaliadores, deverão, após corrigidos, ser novamente submetidos, pela mesma via já exposta neste Edital, conforme o cronograma aqui apresentado.

Cada Artigo poderá ter até 5 autores-coautores, sendo um deles o professor-orientador responsável.

Para os fins deste Edital, consideram-se inéditos os textos elaborados nessa modalidade especificamente para o Programa de Iniciação Científica da AJES, e que não tenham sido publicados em quaisquer outros eventos ou periódicos.

 

6.                ELEMENTOS DE FORMATAÇÃO PARA SUBMISSÃO NA MODALIDADE DE ARTIGO CIENTÍFICO

 

O Artigo deve ser, obrigatoriamente, confeccionado com acompanhamento de um orientador, e seguir as normas postas neste item bem como casos específicos devem ser observados de acordo com o MANUAL AJES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS,           o                  qual         se                       encontra                                                disponível                 em http://juina.ajes.edu.br/documentos/27/manual-ajes-para-elaboracao-de-trabalhos-academicos/

 

Características gerais

Papel A4, margem esquerda e superior: 3 cm, margem direita e inferior: 2 cm.

Entrelinhas 1,5 (espaçamento), tabulação: 1,25 cm, alinhamento justificado, fonte: Times New Roman 12, espaçamentos antes e depois 0.

Títulos, subtítulos e demais seções

Exemplo

Títulos dos capítulos (seção primária): em negrito, caixa alta (maiúsculas). Times New Roman 14 com numeração sequencial alinhado à esquerda.

Espaçamento simples, 24 pt. antes e 24 pt. depois.

1 TÍTULO

Subtítulos dos capítulos (seção secundária): em negrito, caixa baixa (minúsculas) Times New Roman

12, alinhado à esquerda. Espaçamento simples, 12 pt. antes e 12 pt. depois.

1.1 Subtítulo

Demais Subtítulos dos capítulos (seção terciária): negrito e itálico (minúsculas), Times New Roman 12, alinhado à esquerda. Espaçamento simples, 12 pt. antes e 12 pt. depois.

1.1.1 Seção Terciária

Demais Subtítulos dos capítulos (seção quaternária): normal (SEM QUAISQUER

FORMATAÇÕES), Times New Roman 12, alinhado à esquerda.

1.1.1.1 Seção Quaternária

Demais Subtítulos dos capítulos (seção quinaria): em itálico, caixa baixa (minúsculas), Times New Roman 12, alinhado à esquerda. Espaçamento

simples, 12 pt. antes e 12 pt. depois.

1.1.1.1.1 Seção Quinaria

Se for mais de uma linha, deve utilizar-se o espaço simples, sem espaçamento entre linhas.

Tabelas e elementos ilustrativos (quadros, gráficos, fotografias etc.):

•  Entrelinhas simples, Times New Roman 10, espaçamentos antes e depois 0, alinhamento e alinhamento interno de acordo com a estética adotada para o trabalho (a qual deverá ser uniforme para todo o trabalho). Recomenda- se serem centralizados na página. Devem ser numeradas com algarismos hindu-arábicos sequencialmente e identificadas. O tamanho da fonte deverá ser uniforme para todos esses elementos.

•   No caso de tabelas e outros elementos ilustrativos, a identificação deve ser na parte superior e a fonte dos dados deve ser colocada na parte inferior. • A identificação e a fonte dos dados devem ser em fonte Times New Roman 10.

 

•  No caso de elaboração própria também deve conter a fonte dos dados.

•    Identificação e fonte dos dados devem estar alinhadas à esquerda, junto ao início da tabela ou elemento ilustrativo e não ultrapassar o final da tabela ou elemento ilustrativo. Se for mais de uma linha, deve utilizar-se o espaço simples, sem espaçamento entre linhas.

Quantidade de páginas

Mínimo: Conforme orientador, recomenda-se 20 (vinte) páginas

Máximo: Conforme orientador, recomenda-se 25 (vinte e cinco) páginas

Na quantidade de páginas é computada somente os elementos textuais, ou seja, a partir da introdução até a conclusão (excluindo elementos pré-textuais e pós-textuais).

Numeração das páginas

•  Algarismos hindu-arábicos. Entrelinhas simples, Times New Roman 12, espaçamentos antes e depois 0, alinhamento à direita, no canto superior da página.

•  A contagem para a numeração das páginas começa a partir da folha de rosto, todos os itens a partir desta página são contados (inclusive anexos e apêndices).

•  A numeração deve aparecer somente a partir da introdução, incluindo os elementos pós-textuais.

Elementos pré-textuais do artigo

•  Título, e subtítulo (se houver)

•   Nome (s) do (s) autor (es) e, em nota de rodapé, a identificação do(s) autor(es) (orientando e orientador), iniciando pelo sobrenome, em letras maiúsculas, seguido de vírgula, e dos prenomes e nomes, em caixa mista, seguidos de dois pontos. Havendo dois ou mais autores, seus nomes devem ser separados por ponto e vírgula. Na sequência, após os dois pontos, informa-se a titulação e o vínculo profissional ou institucional do(s) autor(es), e o(s) seu(s) endereço(s) eletrônico(s).

•  Resumo na língua vernácula.

•  Palavras-chave na língua vernácula.

•  Título, e subtítulo (se houver), em língua estrangeira (espanhol ou inglês).

•  Resumo em língua estrangeira (espanhol ou inglês).

•  Palavras-chave em língua estrangeira (espanhol ou inglês).

Resumo

•  Um único parágrafo.

•  Deve ser apresentado em página separada. Entrelinhas simples, Times New Roman 12, espaçamento antes e depois 0, alinhamento justificado. Mínimo de 15 linhas, máximo de 20 linhas (de 150 a 250 palavras).

•  O título “resumo”, centralizado, em maiúsculas, não deve ser numerado.

Palavras-chave

•  Mínimo de três, máximo de cinco (palavras ou expressões). Não devem ultrapassar duas linhas. Devem ser apresentadas logo após o resumo.

•  As três primeiras palavras-chave deverão constar também da ficha catalográfica.

•  Devem ser separadas por ponto.

Elementos Textuais

Introdução

•                  Antecedentes ao problema (contextualização/problematização/situação problema), justificativas/motivações, questão de pesquisa, objetivos (geral e específicos), hipóteses (se for o caso), delimitações/parâmetros utilizados, metodologia de forma sucinta e organização do trabalho.

Referencial teórico

•    Trazer as principais discussões teóricas ou empíricas sobre o tema, trabalhos já realizados por outros autores. O aluno deve “conversar/dialogar” com os autores da área, mostrando aspectos evolutivos, históricos, consensos e contradições sobre o tema pesquisado. O referencial deve dar suporte à pesquisa. Proceder metodológico

•   Neste capítulo devem-se apresentar os parâmetros da pesquisa: população e amostra (como foi feita a amostra, se for o caso), origem dos dados, características do instrumento de coleta de dados, circunstâncias da coleta de dados (se for o caso), limitações da pesquisa. A pesquisa deve ser classificada quanto à natureza, quanto à abordagem do problema, quanto aos objetivos e quanto aos procedimentos.

•   O instrumento de coleta de dados deve ser colocado em apêndice/anexo ao trabalho. Se for necessário, o autor deve fazer um pequeno referencial sobre o método/técnica de pesquisa adotada.

 

Resultados e análise

•  Neste capítulo apresenta-se a pesquisa realizada.

•  Aqui o aluno deve apresentar os resultados (tabelas, quadros, gráficos) e comentá-los/ analisá-los de forma profunda.

•  Nessa parte, o aluno deve demonstrar todo seu entendimento a respeito da pesquisa realizada.

•    Deve haver uma forte ligação entre as partes anteriores, ou seja, introdução – questão de pesquisa, objetivos, hipótese - referencial teórico e proceder metodológico.

•  Recomenda-se a separação dos resultados (apresentação e comentários a respeito dos dados) e da análise (interpretação e análise crítica dos dados – possíveis causas e consequências).

Conclusões

•  Este capítulo deve apresentar Conclusões, recomendações, sugestões.

•  Conclusões: Como o próprio nome diz, nessa parte devem ser apresentadas as conclusões a que se chegou com a pesquisa. Devem ser resgatados os objetivos. A pergunta/questão problema deve ser respondida. As hipóteses aceitas ou refutadas. Não é uma simples compilação do que foi apresentado no capítulo resultados e análise, mas sim uma sistematização dos principais pontos encontrados na pesquisa.

•   Recomendações: devem ser feitos às associações de classe, aos órgãos fiscalizadores, às empresas e/ou seus setores para melhoria de seus procedimentos – as recomendações devem ter estreita ligação com a pesquisa realizada.

•   Sugestões: As sugestões são relacionadas a novas pesquisas, normalmente, “o que se deixou para trás” após o delineamento/recorte de pesquisa ou descobertas realizadas no decorrer da pesquisa.

Capítulos e suas seções

•  Os capítulos serão apresentados de forma corrida, sendo que devem obedecer a seguinte sequência: Introdução (numerado, alinhado à esquerda), Referencial Teórico (numerado, alinhado à esquerda), Metodologia (numerado, alinhado à esquerda), Apresentação e Discussão dos Resultados (numerado, alinhado a esquerda), Conclusões ou Considerações Finais (sem numeração, centralizado), Referências (sem numeração, centralizado).

•   As partes do trabalho são chamadas de seção primária (título), seção secundária (subtítulo), seção terciária, seção quaternária e seção quinária (os demais subtítulos). Devem ser numeradas por algarismos hindu-arábicos, sequencialmente.

•  O espaçamento entre os títulos e o texto deve seguir as orientações iniciais deste regulamento.

•  Alinhamento à esquerda nos títulos e subtítulos.

•  Títulos e subtítulos devem ser diferenciados pela numeração e pela estética adotada, a qual deverá ser uniforme para todo o trabalho, conforme exemplos anteriores.

Elementos pós-textuais

Nota (s) Explicativa (s) – se for o caso Referências

Glossário Apêndice (s) Anexo (s)

Referências

•  O título “referências” não deve ser numerado.

•   Entrelinhas simples, Times New Roman 12, espaçamentos antes e depois 0, alinhamento justificado, sem tabulação. Deve-se utilizar um espaçamento de linha simples (enter) entre cada referência. As mesmas devem estar em ordem alfabética.

•  As demais características conforme normas da ABNT.

Citações

•  Conforme normas da ABNT.

Citação direta: São transcrições literais extraídas do texto consultado. Devem ser respeitadas todas as características formais em relação à redação, à ortografia e à pontuação original. A citação direta de até três linhas deve ser posta no texto do parágrafo, e transcrita entre aspas duplas. No caso de citação direta com mais de 3 linhas, o texto deve aparecer em parágrafo isolado, utilizando-se o recuo de 4 cm da margem esquerda, com letra menor do que a do texto (Times New Roman 10), com entrelinhas em espaço simples e sem aspas. Citação indireta: É a reprodução de algumas ideias, sem que haja a transcrição literal das palavras do autor consultado. Deve ser fiel ao contexto original e não deve estar entre aspas. A identificação da página consultada é dispensável; o autor deverá ser citado pelo sobrenome, acompanhado, pelo menos, do ano de publicação da obra.

Citação de Citação: O ideal é que se evite este tipo de recurso, mas permite-se que seja feito sob condições postas pelo professor orientador do trabalho acadêmico/científico em elaboração. Trata-se da citação feita a partir de uma outra fonte original, à qual o elaborador do trabalho não teve acesso. Utilizam-se as expressões

 

“citado por” ou “apud”, interligando o nome do autor da obra diretamente consultada ao nome do autor original. A referência completa será citada na seção “Referências”.

Demais informações devem ser consultadas no Manual para Elaboração de trabalhos acadêmicos da AJES e também na norma ABNT NBR 10520.

Notas de rodapé

Devem ser evitadas. Se forem necessárias, utilizar apenas para colocar explicações a respeito do assunto tratado, mas que não cabem no texto ou para colocar trechos de citações em outras línguas. Fonte Times New Roman 10.

Elementos pré-textuais

Conforme normas ABNT.

 

 

7.  DA PUBLICAÇÃO DOS TRABALHOS APROVADOS

 

Todos os trabalhos acadêmicos (Artigos Científicos) submetidos à XI EDIÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA AJES deverão ser elaborados no idioma português, observando-se as regras da norma culta, com cientificidade e com conteúdo que reflitam, efetivamente, os estudos e as pesquisas realizados, e com qualidade bastante e suficiente para serem publicados em eventos e em periódicos de idoneidade reconhecida no âmbito acadêmico.

Os trabalhos submetidos, aceitos, e aprovados pelas bancas de professores ou pelos professores-avaliadores, serão publicados nos Anais do XI ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA AJES que ocorrerá no Semestre Letivo 2022/2.

Os melhores trabalhos (Artigos Científicos), assim considerados pela Coordenação do Programa de Iniciação Científica da AJES, poderão, a critério da Direção Geral, compor um livro específico e próprio do Programa de Iniciação Científica.

As publicações dos artigos derivados dos Artigos Científicos contarão como horas de atividades complementares (AC’s) para os acadêmicos-autores, observadas, nesse aspecto, as normas da AJES sobre esse tema.

 

8.  DA NÃO ACEITAÇÃO DE PLÁGIOS

 

Serão inaceitáveis, sob quaisquer aspectos, quaisquer espécies de plágios nos trabalhos (Artigos Científicos) submetidos à XI EDIÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA AJES, tanto por uma violação ao direito autoral, quanto por revelar a falta de ética e o descompromisso por parte do plagiador.

A eventual constatação de plágio, em quaisquer dos trabalhos submetidos será causa, por si mesma, de desconsideração do texto e de penalização do acadêmico-autor plagiador, observados, para efeito da penalização, os direitos constitucionais do contraditório e da ampla defesa.

A responsabilidade pela autoria e originalidade (inexistência de plágio) dos textos submetidos é, única e exclusiva, dos acadêmicos-autores, bolsistas, os quais responderão

administrativa, cível e penalmente pela conduta e pelos prejuízos que causarem aos autores, à AJES, aos professores e quaisquer outros que se sentirem prejudicados pela conduta.

  • Exemplos de práticas desonestas são: plágio ou falsificação de Plágio é definido como cópia de palavras ou ideias de outra pessoa (aluno ou um autor que tenha feito publicação de obra) como sendo de sua autoria. Referências a trabalhos de outras pessoas (principalmente autores) são altamente desejáveis, mas devem sempre ser citadas. A faculdade espera dos alunos um alto padrão de honestidade acadêmica.
  • Plágio é um crime sério.
  • Qualquer estudante que cometer plágio terá penalidades impostas pela faculdade, incluindo- se a possibilidade de expulsão do quadro discente.
  • O aluno deve observar, entre outros, os seguintes procedimentos de conduta:
  1. Sempre faça citação quando utilizar ideias ou trabalhos de outros autores;
  2. Sempre faça menção aos dados pesquisados de forma honesta e exata em todos os aspectos relevados inclusive à metodologia, no caso de apurar erros na pesquisa, devem também ser mencionados;
  3. Ideias que tenham sido oralmente comunicadas devem também ser citadas e referenciadas na forma previstas na ABNT (incluir rodapé com notícia fornecida); e
  4. Não inclua em referências qualquer trabalho que você não tenha realmente lido. Adote "apud" se for usar citação de um autor quanto a trabalho de outra
  5. Falhas dessa natureza podem ser caracterizadas como tentativas de fraude, plágio ou falsificação de

 

9. DAS CONSIDERAÇÕES FINAIS

 

Todos os acadêmicos-autores que tiverem seus trabalhos aceitos, deverão enviar à Coordenação do Programa de Iniciação Científica da AJES, juntamente com a versão final do Artigo Científico, uma via da Declaração constante do Anexo I deste Edital.

A Comissão Organizadora dispõe de competência para alterar/retificar as disposições do presente Edital, dando publicidade em tempo hábil.

As bancas de professores e os professores-avaliadores serão nomeados oportunamente. Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação do Programa de Iniciação Científica da AJES.

 

Juara – MT, 01 de Agosto de 2022.

 

 

 

 

 

 

 

Antonielle Pagnussat

Coordenadora do Programa de Iniciação

Científica da Faculdade do Vale do Juruena - AJES

 

 

 

 

ANEXO I DECLARAÇÃO

 

Eu,                                         , portador (a) da Cédula de Identidade

– RG nº                SSP/ , e inscrito (a) no Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda – CPF sob nº _        , DECLARO e AUTORIZO que o trabalho acadêmico de minha autoria, intitulado                      , seja utilizado, total ou parcialmente, para fins de pesquisa acadêmica, didática ou técnico-científica, desde que se faça referência à fonte e à autoria. Autorizo, ainda, a sua publicação pela AJES, ou por quem dela receber a delegação, desde que também seja feita referência à fonte e à autoria.

 

Juara,                de                            de 2022.

 

 

 

 
   

 

Nome e assinatura (Autor)

 

 

 
   

 

Nome e assinatura (Autor)

 

 

 
   

 

Nome e assinatura (Autor)

 

 

 
   

 

Nome e assinatura (Autor)

 

 

 
   

 

Nome e assinatura (Orientador)


© 2022 AJES. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvido por CDS - Centro de Desenvolvimento de Software.